Memória selectiva

Apesar dos seus já famosos lapsos de memória, aquando de uma notícia do Público (em Fevereiro de 2008 ) que dava conta de que, no início da década de 90, o agora primeiro-ministro havia recebido um subsídio de exclusividade da Assembleia da República, apesar de conciliar o cargo de deputado com a actividade empresarial, José Sócrates respondeu assim em comunicado: «fiz cessar em 1989 a colaboração mínima que ainda mantinha com a empresa Sebastião dos Santos Goulão. Por essa razão o único pagamento que recebi referente a esse período foi no reduzido montante de 95 contos, pagos justamente em 1989 para acerto final de contas».

  • Trackback are closed
  • Comentários (0)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: