A prostituição do ensino

Na semana em que José Mourinho falou em “prostituição intelectual” a propósito das críticas que lhe fizeram os colegas de profissão em Itália, em França deu-se a conhecer um site que se propõe a fazer os trabalhos de casa dos alunos. Isto tudo, claro, desde que os meninos paguem.

O ministro já condenou o projecto. A meu ver, trata-se de um exercício de prostituição do ensino. A ler aqui.

  • Trackback are closed
  • Comentários (0)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: